Logomarca Sesc
Piauí

Apresentações Artísticas

Inscrições para oficina literária no Sesc Caixeiral

 

 braull

 

O Sesc Caixeiral, em Parnaíba, está com inscrições abertas para a oficina de Criação Literária do projeto Arte da Palavra. As inscrições são gratuitas e vão até sábado (4), no Setor de Literatura do Sesc Caixeiral. 

A oficina “A arte e a técnica da poesia” será ministrada por Bráulio Tavares. As atividades acontecem de 6 a 11 de novembro, das 17h às 20h no Sesc Caixeiral.

 

Sobre Bráulio Tavares

 

Bráulio Tavares nasceu em 2 de setembro de 1950 em Campina Grande e morreu em 8 de julho de 2014, quando a Alemanha fez o sétimo gol. Como tinha muitos compromissos, no entanto, continua trabalhando até hoje. Exerce diversas profissões não-remuneradas, entre elas: cientista visionário, comediante existencialista, escritor de literatura oral, filósofo popular, andarilho sedentário, individualista de esquerda.

 

A oficina 

A oficina “A arte e a técnica da poesia” enfoca a leitura de poemas do ponto de vista da técnica, analisando aspectos como métrica, rima, verso livre, sonoridade, imagem e ideia. O foco principal é em textos de autores brasileiros, incluindo os poetas modernistas, a literatura de cordel, os poetas independentes dos anos 1980 e os sonetos dos parnasianos.

 

“Ler um poema é reescrevê-lo junto com o autor, observando suas escolhas, reconstituindo o seu processo criativo. Nenhuma oficina e nenhum curso universitário formam poetas: o poeta forma a si próprio. Mas o hábito da leitura crítica ajuda o leitor a desenvolver as aptidões necessárias para a escrita.”

“Nem todo mundo se torna poeta, mas qualquer pessoa pode se tornar um grande leitor de poesia.”

 

Sobre o Arte da Palavra

O Arte da Palavra é um projeto do Sesc, em escala nacional que tem colocado em contato dezenas de escritores e milhares de leitores de todo o Brasil.

 

 

Vem pro Parque terá várias apresentações culturais

 amaurra

 

Com casamento coletivo, apresentações da Orquestra Jovem do Sesc , do Coral Harmony Voice e show de Janaína e Banda e Validuaté o Sesc realiza neste sábado (28), a partir das 16h  a abertura do Vem pro Parque 2017. A expectativa é receber mais de 60 mil visitantes nos dois dias de evento no Parque da Cidadania, em Teresina.

O Vem pro Parque é uma realização do Sesc em parceria com empresas, órgãos governamentais e instituições para promover a prestação de serviços de cidadania.

Três palcos já foram montados para receber as apresentações culturais. A solenidade de abertura acontecerá no anfiteatro com a presença do presidente do Sistema Fecomércio Sesc/Senac no Piauí, Valdeci Cavalcante, do diretor Regional do Sesc, Francisco Campelo Filho e dos conselheiros da Fecomércio, do Sesc e do Senac no Piauí.

Durante a solenidade será realizado o casamento comunitário com a união civil de 70 casais de Teresina. Em seguida haverá concerto da Orquestra Jovem do Sesc, da Banda Eficiente e show com o humorista Amauri Jucá. Às 21 horas sobe ao palco Janaína e Banda.

Varias outras atrações vão ser apresentadas no Vem pro Parque neste sábado. No palco Lago, haverá aula de zumba, seguida de apresentação do DJ Hudson e show da banda Validuaté. Já no Palco Circo haverá apresentações de Teatro de Bonecos, números circenses, show de humor 4 em 1 e a atração especial: o Globo da Morte.

Domingo (29), no Palco Lago tem Top Gun, Banda Minamora e DJ Bruno. Os shows começam a partir das 17h. No anfiteatro acontecerão as apresentações do Boi Imperador da Ilha, Teatro e dança do Trabalho Social com Idosos (TSI), Balé da Cidade, Espetáculo Flozen e Dandinha e Banda.  No Palco circo vão ser apresentadas várias apresentações circenses.

Além das apresentações culturais serão realizadas aulas shows de atividades esportivas e atendimentos gratuitos de saúde, emissão gratuita de carteiras do Sesc  e distribuição de brindes.

Oficina de escrita com Ithalo Furtado

ithalofurtad

 

O escritor e ativista social Ithalo Furtado ministra oficina de escrita “A Literatura no Ambiente Transmídia”, no Sesc Caixeiral, em Parnaíba. A oficina será realizada de 26 a 28 de outubro, das 17h às 20h  no Complexo Cultural Sesc Caixeiral. As inscrições são realizadas no próprio centro.

A oficina literária integra a programação da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, realizada de 2 a 31 de outubro no Sesc Caixeiral, Sesc Avenida e nas escolas públicas de Parnaíba.

A Semana Nacional do Livro e da Biblioteca teve palestras literárias, performances, bate papos, narração de histórias e oficinas ligadas à Literatura. A ideia é incentivar a pratica da leitura e da escrita.

 

Sobre Ithalo Furtado 

Com três livros publicados – “Uma pedra em cada por enquanto”, Dolores” (e os remédios pra dormir) e “Móveis empoeirados no peito”, o mais recente - Ithalo Furtado é um dos novos autores mais lidos do estado. Sua literatura transcende o livro enquanto objeto artístico e cria um ambiente transmídia, sugerindo novas possibilidades para as histórias em música, audiovisual e fotografia. Aborda temas como a solidão urbana, autoflagelação, transtornos mentais e vícios. Muito influenciado pela filosofia de Camus, Nietzsche e pela literatura de Dostoiévski e Clarice Lispector, Ithalo ainda navega pelo universo da cultura pop, com referências que vão da música aos filmes cults.

 

Beetholven Cunha se apresenta no Sesc Caixeiral

beetholvenn

Um dos nomes mais expressivos da música estará em cartaz no Sesc Caixeiral, em  Parnaíba. O maestro, compositor, músico e educador Beetholven Cunha se apresenta  nesta quinta-feira (26), às 16h pelo projeto “Com a Palavra o Músico”.

Beetholven Cunha é bacharel em Composição e Regência. Ministra a matéria para alunos da Escola de Música da Universidade Federal do Piauí (UFPI). É também diretor artístico e mastro dos grupos: Camerata Teresinense, Dulcistas Sopro Divino, GMUCO Música Contemporânea e Coral Infanto-juvenil de Teresina.

 

BEETHOLVEN CUNHA

 

Bacharel em composição e regência Beetholven Cunha (1978 Goiana PE). Foi professor de Teoria Musical, Harmonia, Organologia, História da Música, Composição e Regência, Trombone, Órgão e Piano nas escolas de música Conrado Nunes (Goiana PE), Escola de Música da Sociedade 12 de outubro (Goiana PE), Conservatório Guimarães Novaes (Santos SP), Escola de Música Universo Musical (São Paulo SP), Escola de Música Beethoven (São Paulo SP), Escola de Música Adalgisa Paiva UFPI (Teresina PI), projeto Sopro Divino (Teresina PI).

 

Foi diretor e regente da Banda Saboeira (Goiana PE), Banda Curica (Goiana PE), Banda Carlos Gomes (Santos SP), Camerata Vivace (São Paulo SP), Corais de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (BR/EUA), Coral infantojuvenil do Colégio São Domingos Sávio (São Paulo SP), Coral infantojuvenil da Ordem Augustiniana (São Paulo), Coral Comunitário da EMAP-UFPI (Teresina PI), Coral infantojuvenil das Mil Vozes (Teresina PI), Coral infantojuvenil Vozes do Sertão (Teresina PI), Coral infantojuvenil Vozes da Luz (Teresina PI), Coral infantojuvenil Cantores de Tereza (Teresina PI), Coral infantojuvenil Trauteando (Água Branca PI), Camerata Piauiense (Teresina PI), Camerata da EMAP-UFPI (Teresina PI), GMUCO (Teresina PI), Consorte Sopro Divino (Teresina PI).

Como compositor tem suas obras interpretadas pelo Brasil pelos seguintes intérpretes:

Camerata Vivace SP, Camerata Latino Americana SP, Camerata Piauiense PI, Brasil Musicam ara PI, Camerata Erudita SP, Orquestra Sinfônica da UFPI, Orquestra Sinfônica de Teresina, Orquestra do Estado de Mato Grosso, Orquestra Jovem do SESC Caixeira PI, Orquestra Sinfônica de João Pessoa, Orquestra da Tunisinos RS, Orquestra do Limiar SP, Orquestra de Câmara da Escola Estadual de Belas Artes PR, Orquestra do Festival Nathan Shwartzmann MG, Quinteto Potiguar RN, Orquestra do festival Carlos Gomes SP, Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará, Camerata Sinfônica do Rio de Janeiro, quinteto Alagoas, UDI Cello Ensemble MG, Quinteto Paraibucano PB, Orquestra Rio Camerata, Quinteto Maringá PR, Quarteto Passos PI, Quinteto Piauhy, Fernando Deddos PR, Wellington Emanuel PE, Marcos Machado MG, Enio Antunes SP, Laecio Sinhoreli Diniz SP, Albert Kathar RJ, Paulo Caligopoulos SP, Kayami Satomi MG, Lucius Mota RS, Simone Menezes SP, Miguel Forte SP, Ayran Nicodemo MG, Sebastião Soares Teixeira SP, Israel Menezes RJ, Francisco Daniel CE e Aldo Villani.

 

Abertas inscrições para oficina do Arte da Palavra

cesar tripp

 

A Coordenação de Cultura do Sesc Floriano iniciou as inscrições para a última etapa do circuito de oficinas do projeto Arte da Palavra. A oficina acontece de 6 a 10 de novembro, das 18h30 às 22h, no auditório do Senac. As inscrições são gratuitas.

 

A oficina “Criação Literária: a palavra que nos veste” será ministrada pelo escritor Cézar Tridapalli.  A finalidade é mostrar como situações semelhantes podem receber olhares diferentes, menos ou mais ricos, conforme o uso da palavra.

 

Os alunos  serão convidados a testar a originalidade de seus pontos de vista. “Se o fotógrafo médio faz um ensaio pouco original diante da paisagem mais exuberante, o fotógrafo-artista é capaz de nuances insuspeitadas em ambientes prosaicos. E com a palavra? O processo de criação literária passa pela tentativa de renovar o olhar para o cotidiano tantas vezes desgastado. A literatura ressignifica o mundo que ela mesma interpreta, narra, descreve, escreve”.

 

Mais informações: (89) 3515-6202 – Coordenação de Cultura Sesc Floriano

 

Cezar Tridapalli (PR)


É formado em Letras pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Leitura de Múltiplas Linguagens pela PUCPR e mestre em Estudos Literários, pela UFPR. Escritor, é autor dos romances Pequena biografia de desejos (2011, editora 7 Letras) e O beijo de Schiller (2014, editora Arte&Letra), vencedor do prêmio Minas Gerais de Literatura.www.cezartridapalli.com.br

 

 

Arte da Palavra

 

O Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras - busca oferecer ações que atuem em toda a cadeia da literatura, desde a formação e divulgação de novos escritores, a valorização das obras e escritores brasileiros e as novas formas de produção e fruição literária, possibilitadas pela emergência de discursos periféricos e a utilização de novas tecnologias. Desse modo, as diferentes frentes contempladas pelo projeto podem contribuir para a democratização do acesso à leitura, um dos pilares para o desenvolvimento social e cultural do país.

 

 

 

 

Pagina 6 de 102

Editais

Ações

Parceiros