Logomarca Sesc
Piauí

Apresentações Artísticas

Segunda com Letras será dia 28

 

saraucomletras

 

Será dia 28 de agosto, a partir das 18h o o Sarau Segunda com Letras, no bar Genu Moraes – Theatro 4 de Setembro. O Sarau é uma realização do Sesc  para incentivar a prática da leitura, apresentar obras de escritores locais e promover bate papo sobre Literatura. A entrada é gratuita.

Durante o Sarau a escritora Nayara Fernando vai lançar o seu livro de poesias “Asas de Pedra”. Também haverá bate papo literário com a participação das escritoras Fernanda Paz e Mariana Mendes. O grupo Roda de Poesia vai se apresentar no Sarau. 

Espetáculos do Piauí são apresentados ao Palco Giratório

LUZIA I

 

O Piauí vai apresentar quatro espetáculos na mostra presencial do XV Encontro Nacional de Programação em Artes Cênicas, aberto na manhã deste domingo no auditório do Centro de Convenções do Sesc Praia, em Luís Correia. O evento trouxe ao Piauí, o diretor Nacional de Cultura do Sesc, Fernando Almeida, e  reúne curadores do Palco Giratório, coordenadores e técnicos de Cultura de todo o país.

Durante o Encontro serão discutidas as propostas de espetáculos e definida a programação do circuito do Palco Giratório para 2018. O Palco Giratório é o maior projeto de circulação de espetáculos cênicos do país, com a realização de performances, intervenções e oficinas que percorrem mais de 120 cidades do Brasil, por grupos, companhias e artistas de várias regiões do país.

Na noite deste domingo, foi realiza a primeira apresentação da Mostra Presencial dos espetáculos piauienses.  O Coletivo Piauhy Estúdio das Artes, de Teresina, apresentou o espetáculo. “Exercício sobre Medeia”. Nesta segunda-feira (7), será apresentado o espetáculo de dança “A Luzia” pela Cia Luzia Amélia (Teresina).

Segundo a coordenadora de Cultura do Sesc Piauí, Lili Machado, o Piauí vai apresentar quatro propostas de espetáculos para o circuito 2018 do Palco Giratório. Na noite desta terça-feira, a mostra presencial apresenta o espetáculo “Involuntários da Pátria”, pelo grupo Metáfora, de Parnaíba. Em seguida, será apresentado o espetáculo “Berra Boi”, pelo grupo Raízes do Nordeste (Parnaíba).

 

 

 

Encontro define programação de artes cênicas

encocultura070817

 

“Não estamos fazendo nenhum favor à população.  Incentivar a cultura é uma necessidade humana”, destaca o diretor de Educação e Cultura do  Departamento Nacional do Sesc, Fernando Almeida, na abertura oficial do XV Encontro Nacional de Programação em Artes Cênicas, na manhã deste domingo (6), no Centro de Convenções do Sesc Praia, em Luís Correia.

O Encontro acontece de 5 a 14 de agosto, no Sesc Praia, e reúne curadores do Palco Giratório, coordenadores e técnicos de Cultura do todo país.

enco0717

 

Dentre os presentes, o diretor Regional do Sesc Piauí, Francisco Campelo Filho, a diretora de Programas Sociais do Sesc Piauí, Ana Lúcia Rocha, a gerente de Cultura do Sesc Nacional, Márcia Rodrigues  e os técnicos de Cultura do Departamento Nacional do Sesc, Rafael Viana, Mariana Pimentel e Vicente Júnior.

Na abertura do Encontro, uma performance de Chandelly Kidman, artista piauiense que também abriu a programação das palestras/performance abordando o tema “Gênero, infância, dança e política”.

Marcelo0708177

 

Em seguida, foi realizada a oficina “Intervenção_2017 Práticas em Mediação Cultural”, com Layane Holanda e Saraya Portela (PI). As coreógrafas também ministraram a oficina “Estratégias de Mediação Cultural nas Artes Cênicas”. E para fechar o primeiro dia do Encontro foi realizado um bate papo com o coreógrafo Marcelo Evelin, no auditório do Centro Cultural Sesc Caixeiral, em Parnaíba.

 

Marcelo070817

Nesta segunda-feira (7) serão realizadas as mesas redondas “Mediação em artes cênicas no Sesc” com Jane Schoninger (RS) e Ana Paolilo (BA), mediada por André Santana (SE), e a mesa “Os cursos em artes cênicas no Sesc com Rita Marize (PE), Carol Fescina (MG), Magnum Ângelo (AL), mediada por Isoneth Almeida (MA).

À tarde serão realizadas as avaliações dos projetos Sesc Dramaturgias, Cena em Questão, as programações das exposições em artes cênicas e definição dos circuitos 2018. Às 20h será realizada a mostra presencial do espetáculo de dança “A Luzia” da Cia Luzia Amélia (PI).

A programação segue ao longo da semana, com mesas redondas, palestras, oficinas, intervenções e a avaliação pelos curadores do Palco Giratório dos espetáculos que deverão circular pelo país em 2018.

 

 

Coco de Zambê contagia público em Teresina

 

coczambe040817

 

A energia contagiante dos integrantes do Coco de Zambê (RN) marcaram  a abertura do projeto Sonora Brasil Sesc na noite desta quarta-feira (03), no Projeto Música para Todos, em Teresina. O grupo se apresentou para uma plateia formada por artistas, estudantes de música e pessoas da comunidade.

A plateia não se conteve e entrou na roda da dança e foram bem recebidos pelos integrantes do grupo, que convidavam as pessoas para participar da brincadeira.

A estudante de Jornalismo, Ana Carolina, 21 anos, ficou encantada com a apresentação. Disse que foi a primeira vez que assistiu a apresentação do Sonora Brasil. “Eu quero conhecer melhor esse projeto, que é muito bonito porque resgata a história das tradições musicais do nosso país.  Achei incrível.  O livro do Sonora tem a história dos grupos e fotos lindíssimas!”, enfatiza a estudante.

Já a funcionária pública, Joselina, funcionária pública, 67 anos,  disse que o ritmo é muito bom, pois mistura a capoeira às tradições da dança regional do Nordeste. Ela revela que não conhecia a dança do coco e que a sensação é de transmissão de muita energia com a dança de roda. “Tem muita energia. Achei bem interessante”.

O representante do grupo, mestre Jorge, disse que o  Sonora Brasil é importante para resgatar a história do país. O grupo iniciou as apresentações na Bahia, onde passou por oito cidades. Passou por duas cidades do Maranhã e chegou ao Piauí, onde já se apresentou em Floriano, Oeiras e Teresina. Nesta sexta-feira (4), o grupo segue para Parnaíba onde se apresenta neste sábado, na comunidade Pedra do Sal. 

Coco do Iguape se apresente no Mercado Central

igua030817

 

 

Os florianenses formam surpreendidos com uma apresentação do Coco do Iguape, na manhã desta terça-feira (2), no Mercado Central.  O grupo do Ceará circula as regiões Norte e Nordeste pelo projeto Sonora Brasil.

Durante quase uma hora, o Coco do Iguape apresentou a dança pulada, feita em pares, um de cada vez no meio da roda. Os instrumentos usados são o caixão (espécie de Cajon), feito de madeira em forma de caixa, o triângulo e o ganzá, espécie de chocalho feito com latas reutilizadas, fabricados pelos próprios integrantes do grupo.

Sob o comandando do mestre Raimundo, o grupo é formado por Chico Cachoeira, Kelvin do Iguale, Renato Cabral, Wellington Monteiro, Gatinho (João Anastácio), Cabouquem (José Ailton), Altamiro Costa e Adonai Ribeiro.

Na noite desta quinta-feira (3) a apresentação será do Coco de Tibei (PE). Será às 19h30 no Teatro Maria Bonita, em Floriano.

 

Pagina 10 de 102

Editais

Ações

Parceiros