Logomarca Sesc
Piauí

Educação

A diretriz básica do SESC durante toda a sua história tem sido a de que os serviços prestados à sua clientela devem transcender em seus resultados às necessidades imediatas a que se destinam. Nesse sentido, os documentos orientados do trabalho social do SESC preocuparam-se em enfatizar que os serviços prestados devessem ter um caráter educativo que permitisse o enriquecimento espiritual dos indivíduos, e deste modo, contribuíssem para que se tornassem agentes ativos e conscientes do processo de desenvolvimento político, econômico e social brasileiro. Se esta orientação se tem demonstrado correta e deve ser mantida, observa-se, no entanto, que as alterações ocorridas na sociedade brasileira nas últimas décadas exigem que o SESC, a par de reforçar realmente o caráter educativos dos serviços prestados à clientela nos distintos segmentos que constituem o campo do bem-estar social, enfatize de forma significativa sua ação no campo da educação, face aos compromissos que tem com o desenvolvimento nacional, e no apoio aos menos favorecidos no seu processo de autodesenvolvimento.

Este chamamento maior ao SESC para uma atuação mais expressiva no campo da educação decorre da constatação de que o acelerado processo de transformações que a sociedade brasileira e mundial têm passado nos últimos anos exige dos indivíduos habilidades específicas que lhes permitam agir de maneira mais eficaz, interpretando e reavaliando a todo o momento informações e conhecimentos, sob pena de serem alijados deste processo de transformação social, tornando-se cidadão de segunda classe, obstáculo á passagem do Brasil para os padrões de uma sociedade desenvolvida.

Assim, a educação apresenta-se como o processo social por excelência, para dotar os indivíduos da estrutura mental capaz de torná-los eficientes no seu autodesenvolvimento, de produzirem respostas às suas necessidades e à de seus familiares e de se tornarem cidadãos capazes de participar de forma afirmativa da vida econômica, política e sócio-cultural do País.

Tendo em vista, entretanto, que o sistema educacional brasileiro, mormente no âmbito da educação pública, não vem sendo capaz de responder eficientemente aos objetivos a que se propõe, e que é a esse segmento da rede de ensino que parcela expressiva da clientela do SESC tem que recorrer, face às suas limitação, econômicas, para atender aa suas necessidades no campo da educação formal, é imperioso, portanto, que a Entidade, em respeito ás suas origens e destinação, desenvolva ações de suporte e complementaridade que visem á imprescindível melhoria da qualidade desse ensino.

Ao mesmo tempo, como resposta à demanda de sua clientela por uma educação de qualidade, o SESC deverá concertar sua ação no atendimento aos dependentes dos comerciários assumindo uma ação pedagógica voltada para a Educação Infantil, aos comerciários que necessitem de suplência e àqueles que busque o aperfeiçoamento ou maior qualificação funcional.

Veja abaixo as últimas notícias relacionadas ao programa Educação:

Aberta XV Semana Pedagógica

unnamed

Encontro reúne 115 profissionais de Educação dos centros educacionais do Sesc no Piauí

Com a participação do diretor Regional do Sesc, Francisco Campelo Filho, das técnicas do Departamento Nacional do Sesc, Rosa Helena Nascimento e Gilvânia Porto, diretores, coordenadores e professores do Sesc foi aberta, na manhã desta segunda-feira (19), a XV Semana Pedagógica.

O evento acontece de 19 a 23 de janeiro no Centro de Convenções do Sesc Praia, em Luís Correia, e reúne a equipe técnica dos centros educacionais do Sesc em Teresina, Parnaíba, Floriano e dos centros educacionais do Sesc Ler em Piripiri, São João do Piauí, Guaribas, Acauã e São Raimundo Nonato.

O diretor Regional Campelo Filho, abriu o evento dizendo que as escolas do Sesc são referência em educação. Ele considerou importante que fosse que inserida na prática pedagógica ensinamentos de valores éticos e morais para reforçar na sociedade a prática do bem. “Devemos ensinar as crianças a prática do bem para formamos cidadãos e cidadãs de bem”, reforça.

Em seguida, a coordenadora Regional de Educação, Francisca das Chagas Lemos, apresentou uma retrospectiva das últimas 14 semanas pedagógicas realizadas pelo Sesc. Emocionada, a técnica do Departamento Nacional do Sesc, Gilvânia Porto, elogiou o desempenho da educação do Sesc Piauí. “É um trabalho brilhante, feito com muita dedicação por profissionais que se desdobram para promover a educação”, salienta.

          

Semana Pedagógica reunirá educadores no Sesc Praia

 

 

“Arte na Educação: refletindo sobre suas diversas linguagens”, ministrada pelo professor Alexandre Amorim (RJ), é o tema da palestra de abertura da XIII Semana Pedagógica, O evento será realizado de 27 de janeiro a 2 de fevereiro no Sesc Praia, em Luís Correia.

 

A Semana Pedagógica terá presença de diretores das escolas do Sesc, representantes da Administração Regional, coordenadoras pedagógicas e educadoras do Sesc. O Encontro tem como tema “A inserção do cultural no espaço escolar: refletindo o sentido da prática”.

No segundo dia de atividades, a técnica da Secretaria de Direitos Humanos do Ministério da Educação (MEC), Márcia de Oliveira (DF), ministrará a palestra “O papel da cultura no currículo escolar”.

 

Serão realizados os minicursos “A arte e o jogo do olhar”, com Alexandre Amorim, e “As possibilidades do uso do audiovisual em contextos didáticos”, pelo técnico do DN.

 

 

 

Sesc Ler Guaribas terá colônia de férias

 As férias vão ser mais animadas para 100 crianças e adolescentes da cidade de Guaribas – no extremo Sul do Piauí, atendidas pelo projeto Habilidades de Estados na unidade do Sesc Ler. Elas vão participar do Brincando nas Férias, de 21 a 25 de janeiro, no Centro Educacional do Sesc Ler em Acauã.

                O projeto é aberto a crianças e adolescentes da comunidade – de 5 a 14 anos. Durante uma semana, a criançada vai se divertir nas estações de contos, cinema, jogos, brinquedos e brincadeiras e esportes variados.

Para orientar os grupos, a equipe pedagógica do Sesc Ler e os funcionários do Centro Educacional vão orientar as crianças nas atividades.

 

Além da cidade de Guaribas, o Sesc vai realizar colônias de férias nos centros educacionais do Sesc Ler em Acauã, Piripiri, São João do Piauí e São Raimundo Nonato.

Brincando nas Férias em São Raimundo Nonato

 Com o objetivo de proporcionar lazer e cultura no período de férias escolares, o Sesc Ler de São Raimundo Nonato vai realiza uma colônia de férias para 100 crianças e adolescentes (5 a 14 anos). Podem participar das atividades alunos do projeto Habilidades de Estudos e crianças e adolescentes da comunidade.

O projeto Brincando nas Férias terá atividades esportivas, brincadeiras, atividades de leitura e exibição de filmes – de 21 a 25 de janeiro, das 7 às 11 horas. As atividades acontecem no Centro Educacional do Sesc Ler.

As inscrições para a colônia de férias serão efetuadas gratuitamente na coordenação do Sesc Ler. Além de São Raimundo, o Sesc vai realizar o projeto Brincando nas Férias nos centros educacionais do Sesc Ler em Acauã, Guaribas, Piripiri e São João do Piauí.

Educação infantil gratuita no Sesc

Sesc Lio

 

Inscrições  abertas para educação infantil gratuita  no Sesc Centro Educacional Prof. Marcílio Rangel (Sesc Marquês), em Teresina. De 15 a 18 de janeiro na Central de Atendimentos do Sesc Ilhotas.

São 25 vagas para o Grupo I  (crianças com 3 anos completos ou a completar até 31 de março de 2018). O Centro Educacional do Sesc no bairro Marquês oferece educação de qualidade por meio do Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG).

 

Quem pode estudar no Sesc Marquês:

  • Dependentes de comerciários ou não comerciários com renda familiar igual ou inferior a três salários mínimos.

 

DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO

 

No ato da inscrição o responsável legal deve apresentar os documentos originais e entregar as cópias dos documentos

  • RG ou certidão de nascimento do candidato
  • CPF do candidato ou do responsável legal
  • Comprovante de residência (emissão inferior a 60 dias)
  • Documento que comprove deficiência física ou mental do candidato (se for o caso)
  • Carteira do Sesc do candidato (comerciários e/ou dependente)
  • Comprovante de renda familiar

 

OBS: O Sesc disponibiliza uma autodeclaração de renda familiar para as pessoas que não possuem renda comprovada.

 

Mais informações: http://www.pi.sesc.com.br/images/editais_pcg/2017/edital242017/aditivo1Edital242017.pdf

Sub-categorias

Editais

Ações

Parceiros