Logomarca Sesc
Piauí

Da União Caixeiral ao Centro Cultural João Paulo dos Reis Velloso

 

histcaixer

 

Na segunda década do século XX Parnaíba foi marcada por um comércio efervescente que atraía rapazes dos Estados do Maranhão e do Ceará. Os comerciários, chamados caixeiros, sentiram a necessidade de uma entidade que os protegesse e permitisse formação específica sobre os diversos setores de emprego do comércio. Em 28 de abril de 1918, um grupo desses rapazes, a maioria ainda solteiros, reuniu-se em sociedade de ajuda aos seus interesses, nascendo então a sociedade civil União Caixeiral, composta de 122 sócios.

O nome já traduzia a base dos seus objetivos: caixeiros unidos em busca de um futuro melhor. Com a mensalidade de cada sócio, alugaram uma casa e logo iniciaram cursos noturnos, com aulas de Português, Aritmética, Geografia, Inglês para o comércio, Noções de Contabilidade Mercantil e Datilografia.

Em 1919, compraram um terreno em que pretendiam construir a sede, na conhecida Rua Grande, atualmente Presidente Vargas. Em 1922, iniciaram a construção. Faziam festas e rifas para conseguir dinheiro. Algumas empresas acreditaram no sonho e colaboraram com verba e material de construção.

Em 1933, embora o prédio não estivesse concluído, instalaram a escola. Em 1938, com o Curso Propedêutico Comercial devidamente legalizado, começou a primeira turma, com aulas noturnas, graduada em 1942. À época, o presidente da União Caixeiral era Godofredo Correia Lima, que concluiu o prédio nos anos quarenta, já devidamente ampliado. O Diretor da Escola era Clodoveu Cavalcante, professor registrado na Diretoria Nacional de Educação, com vasta experiência o magistério secundário na capital cearense e em Parnaíba, destacando-se em prol do ensino comercial e do movimento cultural da União Caixeiral.

A Escola passou a ter Curso Técnico em Contabilidade, Ginasial, Primário e Jardim de Infância, prosseguiu pela segunda metade do século XX e, por dificuldades financeiras, fechou em 2005. Deixou a sua história e a sua contribuição formativa em nomes que se destacaram no cenário nacional ocupando destacados cargos como Ministro de Estado, Procurador da Justiça Federal, Deputado Federal, escritores, dentre outros.

O Serviço Social do Comércio – Sesc, reconhecendo o inestimável significado histórico da União Caixeiral para a cidade de Parnaíba, para o Piauí e Brasil pela representação da força comerciária fundadora desta instituição adquiriu o prédio no dia 23 de fevereiro de 2011 e transformou-o no Centro Cultural João Paulo dos Reis Velloso. São 1.841,28 m² de área reformada que registra a memória dos seus fundadores e pioneiro – professores, ex-alunos, personalidades e artistas da cidade, dando nome aos espaços culturais que compõem o Complexo.