Logomarca Sesc
Piauí

Oeiras - histórico

 

capita

Igreja N. Senhora da Vitória durante programação religiosa na Semana Santa

 

Oeiras capital da fé

A cidade de Oeiras guarda muitas surpresas para os turistas que a visitarem. Primeira capital do Piauí, Oeiras concentra uma grande riqueza histórica e religiosa, traduzida em seus casarões e nas manifestações de fé e religiosidade.

Foi construída há mais de três séculos, se desenvolveu ao redor da matriz de Nossa Senhora da Vitória. Inicialmente foi conhecida como Vila da Mocha, por estar localizada às margens do riacho Mocha. Teve seu nome modificado para homenagear o Conde de Oeiras, futuro Marquês de Pombal, o todo poderoso ministro da corte portuguesa do Rei D. José.

A cidade foi designada capital da província do Piauí em 1.758, permanecendo como centro das decisões políticas até 1852, quando então a sede do governo foi transferida para Teresina. Depois deste período, a cidade prosperou principalmente com a criação de gado. Guardou um patrimônio histórico dos mais valiosos, com seus casarões coloniais e monumentos dos séculos XVIII e XIX que remontam à colonização do Piauí.

 

oei

Mais de 10 mil homens participam da Procissão do Fogaréu em Oeiras

 

Oeira

 

 

Pontos Turísticos

Oeiras se apresenta como opção para o turismo religioso e histórico. Dentre os pontos turísticos mais visitados, pode-se destacar: o Morro do Leme, onde se ergueu uma estátua em homenagem a Nossa Senhora da Vitória, à qual se chega através de uma enorme escadaria; o Morro da Cruz (que teve a cruz, de pedras sobrepostas há mais 100 anos, não sendo conhecido quem a colocou), deu nome ao morro destruído por vândalos, e construída outra de concreto bem maior e em local diferente), que permite visão privilegiada do município; o Pé de Deus; a Casa da Pólvora; o Museu mais antigo do Piauí; a Catedral de Nossa Senhora da Vitória; a Igreja de Nossa Senhora do Rosário; o Café Oeiras na praça da bandeira, ponto boêmio da cidade; o Cine-Teatro; dentre os inúmeros Casarios coloniais, ruas estreitas de paralelepípedos e Praças com fontes luminosas.

Conhecida como Capital da Fé – Oeiras é um ponto de peregrinação de fiéis em diversas datas religiosas. A tradicional Semana Santa, maior festa religiosa da região, atrai pessoas de várias regiões do Piauí, provendo um espetáculo ímpar de fé e religiosidade popular. A Procissão de Bom Jesus do Passos, a Procissão do Fogaréu e a Descida da Cruz, são uns dos mais significativos eventos da Primeira Capital.