Piauí

Sesc Praia (Luís Correia)

  • Sem Categoria
    Total de artigos:
    14
  • Institucional
    Total de artigos:
    8
  • Unidades Operacionais
    Total de artigos:
    1
  • Projetos
    Total de artigos:
    0
  • Notícias
    Total de artigos:
    7
  • Programas
    Total de artigos:
    1
    • Educação

      A diretriz básica do SESC durante toda a sua história tem sido a de que os serviços prestados à sua clientela devem transcender em seus resultados às necessidades imediatas a que se destinam. Nesse sentido, os documentos orientados do trabalho social do SESC preocuparam-se em enfatizar que os serviços prestados devessem ter um caráter educativo que permitisse o enriquecimento espiritual dos indivíduos, e deste modo, contribuíssem para que se tornassem agentes ativos e conscientes do processo de desenvolvimento político, econômico e social brasileiro. Se esta orientação se tem demonstrado correta e deve ser mantida, observa-se, no entanto, que as alterações ocorridas na sociedade brasileira nas últimas décadas exigem que o SESC, a par de reforçar realmente o caráter educativos dos serviços prestados à clientela nos distintos segmentos que constituem o campo do bem-estar social, enfatize de forma significativa sua ação no campo da educação, face aos compromissos que tem com o desenvolvimento nacional, e no apoio aos menos favorecidos no seu processo de autodesenvolvimento.

      Este chamamento maior ao SESC para uma atuação mais expressiva no campo da educação decorre da constatação de que o acelerado processo de transformações que a sociedade brasileira e mundial têm passado nos últimos anos exige dos indivíduos habilidades específicas que lhes permitam agir de maneira mais eficaz, interpretando e reavaliando a todo o momento informações e conhecimentos, sob pena de serem alijados deste processo de transformação social, tornando-se cidadão de segunda classe, obstáculo á passagem do Brasil para os padrões de uma sociedade desenvolvida.

      Assim, a educação apresenta-se como o processo social por excelência, para dotar os indivíduos da estrutura mental capaz de torná-los eficientes no seu autodesenvolvimento, de produzirem respostas às suas necessidades e à de seus familiares e de se tornarem cidadãos capazes de participar de forma afirmativa da vida econômica, política e sócio-cultural do País.

      Tendo em vista, entretanto, que o sistema educacional brasileiro, mormente no âmbito da educação pública, não vem sendo capaz de responder eficientemente aos objetivos a que se propõe, e que é a esse segmento da rede de ensino que parcela expressiva da clientela do SESC tem que recorrer, face às suas limitação, econômicas, para atender aa suas necessidades no campo da educação formal, é imperioso, portanto, que a Entidade, em respeito ás suas origens e destinação, desenvolva ações de suporte e complementaridade que visem á imprescindível melhoria da qualidade desse ensino.

      Ao mesmo tempo, como resposta à demanda de sua clientela por uma educação de qualidade, o SESC deverá concertar sua ação no atendimento aos dependentes dos comerciários assumindo uma ação pedagógica voltada para a Educação Infantil, aos comerciários que necessitem de suplência e àqueles que busque o aperfeiçoamento ou maior qualificação funcional.

      Veja abaixo as últimas notícias relacionadas ao programa Educação:

      Total de artigos:
      3
    • Saúde

      O SESC, ao longo do tempo, concentrou sua ação programática em um conjunto de práticas em nutrição, saúde bucal, medicina de apoio e difusão de conhecimentos que contribuem para a aquisição de hábitos voltados para a preservação da saúde.

      Observa-se, no entanto, que tanto a capacidade de atendimento instalada, quando o volume dos recursos investidos, são insuficientes para atender a magnitude dos problemas existente nesta áreas. Isso não obstante o esforço de concentrar recursos em ações de caráter curativo e de suplementação, que tem permitido ao SESC oferecer à sua clientela serviços de bom nível de qualidade e apresentar-se como referência para as demais entidades que atua no campo da saúde com população de menor renda.

      Contribuir para a redução da demanda aos serviços de caráter curativo e de suplementação é o desafio que se impões ao SESC e às entidades de caráter público e privado no campo da saúde, sob pena de agravamento da situação.

      Por estarem fora do âmbito da ação do SESC as causas que determinam a demanda crescente pelos serviços de saúde, o seu equacionamento situa-se na ação do Estado, através de políticas que permitem melhor equipar a rede de atendimento, em níveis compatíveis com os de uma sociedade desenvolvida.

      Cabe ao SESC, no entanto, nos limites de sua ação programática, busca formas que possibilitem contribuir para o alcance desse objetivo e, conseqüentemente, para a redução das demandas, notadamente da sua clientela de menor renda, por ações de caráter curativo e de suplementação, às quais os serviços de saúde pública e privados não conseguem atender quantitativa e qualitativamente em níveis desejáveis, entre os quais os mantidos pelo próprio SESC.

      Com vistas a fazer frente a este desafio, contribuindo de forma efetiva para a melhoria da qualidade de vida da população brasileira e, em particular, da sua clientela, o SESC deverá ter como prioridade ações que contribuam para a disseminação de informações que estimulem a criação de hábitos voltados para a preservação da saúde.

      Ao eleger a Educação para a Saúde como atividade prioritária, estará o SESC contribuindo verdadeiramente para a criação de uma mudança cultural em que os indivíduos se qualifiquem para substituir um conhecimento por outro mais adequado, ajudando-os a se tornarem mais competentes no exercício daquilo que devem fazer por si mesmo, para realizar integramente a condição de saúde, tornando-a um bem comunitário

      A proposição de que o SESC dê prioridade em sua ação programática ao trabalho de caráter educativo e preventivo não significa que a Entidade deixe de atender às necessidades de caráter curativo e de suplementação, com a mesma, ou melhor, qualidade da que já existe, nas áreas de maior carência destes benefícios, como odontologia e nutrição, nas quais tem desenvolvido e introduzido ações inovadoras.

      Uma ação modernizadora de metodologias e equipamentos deverá ser a diretriz orientadora da ação do SESC nas atividades de odontologia e nutrição, no sentido de ampliar e rentabilizar esses serviços, frente ao quadro geral da situação de saúde da população e dos recursos existentes para atendê-la.

      Veja abaixo as últimas notícias relacionadas ao programa Saúde:

      Total de artigos:
      5
    • Cultura

      A área de manifestações culturais é considerada pelo SESC como contexto dos mais expressivos para a elevação dos indivíduos aos patamares superiores da condição humana e da produção de conhecimentos que contribuam para a proposição de soluções para os graves problemas que comprometem o processo de desenvolvimento nacional. Para que tal se efetive é necessário, entretanto, que a Entidade amplie seus esforços no sentido de criar condições que possibilitem à cultura se tornar um real instrumento de transformação dos indivíduos e da sociedade.

      Não é suficiente, no entanto, um dizer de intenções nessa direção ou simplesmente a Entidade torna-se um espaço de ocorrência de produtos que possam ser designados como manifestações culturais. É necessário que os objetos assim reconhecidos pelos SESC sejam aqueles capazes de enriquecer intelectualmente os indivíduos, levá-los a desenvolver uma percepção mais acurada, propiciar-lhes uma nova compreensão das relações sociais, uma releitura de seu estar-no-mundo, permitir-lhes transcender suas condições de origem e formação, dotando-os, por conseguinte, de uma consciência mais universal. Em outras palavras, significa privilegiar produtos culturais que contribuam para construir um novo olho-o-mundo, e que se instrumentalizam em uma ação transformadora dos indivíduos e da sociedade, excluindo-se, portanto, da ação programática da Entidade, aqueles produtos culturais que tendem à sua reificação, por se formarem a partir de conteúdo e formas reiterativas de padrões culturais já gravados na memória de seus receptores.

      Estímulo à Produção Cultural

      Uma das formas de o SESC atuar no campo da cultura é o estímulo à produção cultural. Ao se constituir como um dos espaços de sua viabilização, estará o SESC criando condições para o seu revigoramento, contribuindo para o aperfeiçoamento da produção cultural brasileira, melhoria do nível intelectual do povo brasileiro e fortalecimento do sentimentos de identidade nacional, visto como condições essenciais do desenvolvimento.

      A consciência de que é com uma ação efetiva no campo da produção cultural que o SESC poderá dar uma contribuição real para o alcance desses objetivos leva à necessidade de se definirem critérios e condições que orientem sua ação nesse campo.

      A proposição de SESC ser um espaço de viabilização da produção cultural traz em si a necessidade de também ser incorporada à Entidade a função de articulador entre produtores e consumidores de bens culturais. Significa dizer que disponibilizar simplesmente seus espaços não permitirá distinguir seu papel no processo brasileiro, de outras entidades com finalidades e objetivos diversos.Assumir a função de articulador cultural exige a definição de uma proposta de gerenciamento que permita o alcance do objetivo proposto.Para tanto, é necessário que as linhas de trabalho a serem exercitadas permitam dotar os responsáveis pelo prazer cultural das condições necessárias para operacionalizarem o seu pensar e agir.

      A Primeira linha de trabalho para efetivar a ação dos produtores culturais á a criação das bases materiais para a apresentação de seus produtos.

      Veja abaixo as últimas notícias relacionadas ao programa Cultura:

      Total de artigos:
      4
    • Lazer

      O SESC identifica o lazer como um dos contextos importantes para desenvolver sua opção programática. Além de possibilitar o atendimento de grandes continentes de sua clientela, a Entidade reconhece a importância do lazer para liberar o indivíduo da fadiga resultante de suas obrigações, notadamente as do trabalho, como também ajudar o indivíduo a suportar os efeitos da disciplina e das imposições obrigatórias, buscando ainda o desenvolvimento de sua personalidade, na medida em que o libera dos conhecimentos que o automatizam.

      Se as razões que levaram o SESC a se tornar a mais importante agência de lazer do País ainda justificam essa atuação, é essencial, no entanto, levar-se em conta o significado de que se reveste hoje o lazer, sob pena de que os resultados de sua ação neste campo venham a repetir justamente as condições para as quais se propõe a ser um antídoto.

      Observa-se uma tendência a substituição do valor do trabalho pelo valor do lazer, situação decorrente da constatação de que o trabalho, para a quase totalidade dos indivíduos, pouco oferece em termos de perspectivas de realização pessoal.Em contrapartida, a industrialização do lazer, ao transforma-lo em objeto de consumo, sobrepõe a sua função primordial uma outra, qual seja, a da promoção social pela simbolização de prestigio e “status”.Neste sentido, o lazer visto como objeto de consumo torna-se um fim em si mesmo, prevalecendo o mais ter sobre o mais ser, caracterizando-se assim como um antilazer, atividade empreendida compulsivamente com um mínimo de autonomia pessoal, que impede a auto-realização e autenticidade individual.

      Sendo a diretriz básica do SESC o desenvolvimento de um trabalho de cunho eminentemente educativo, faz-se necessário que sua ação programática se contraponha a tendência do lazer em se tornar um conjunto de práticas consumistas, repetitivas e de pura evasão, que pouco contribuem ao desenvolvimento individual e a realização social.

      Ao procurar responder portanto, as necessidades de sua clientela, no que diz respeito a ocupação do tempo livre, o SESC deverá ter como objetivo, proporcionar experiências gratificantes que se acrescentem a vida e não mais um objeto de consumo descartável e externo aos indivíduos, que se esgota no seu imediato. Significa proporcionar aos mesmas experiências de reflexão, fantasias, entretenimento, recreação e desenvolvimento físico. Dessa forma, a Entidade deve cuidar para que as atividades desenvolvidas neste campo objetivem não só o atendimento das necessidades humanas de recuperação física e mental, mas também das necessidades de participação, solidariedade e integração sócio-cultural.

      Assim as manifestações e atividades de entretenimento e de caráter lúdico-recreativo apresentando-se como meios capazes de viabilizar esses objetivos.

      O compromisso do SESC em atender a essas necessidades de lazer deve ser efetivado com a oferta de atividades e serviços de entretenimento que alcancem níveis bastante satisfatórios de qualidade, tanto nos aspectos formais de expressão, como no seu conteúdo.Significa dizer que tais atividades devem contribuir para elevar o nível de exigência da clientela, do que lhe é ofertado para a ocupação do seu tempo livre.

      Veja abaixo as últimas notícias relacionadas ao programa Lazer:

      Total de artigos:
      6
    • Assistência

      Veja abaixo as últimas notícias relacionadas ao programa Assistência:

      Total de artigos:
      7
    • Administração

      Veja abaixo as últimas notícias relacionadas ao programa Administração:

      Total de artigos:
      26
  • Atividades
    Principais Atividades no Sesc Piauí
    Total de artigos:
    1
  • PCG
    Total de artigos:
    5

Turismo Social

Editais

Ações

Parceiros